Segurança 001 – O que é essencial? Do básico ao avançado? Parte 03

Já falamos que é importante manter o sistema operacional sempre atualizado para corrigir bugs e problemas, também falamos da importância de manter a atualizações dos principais softwares que utilizamos, como Adobe Reader, Flash Player, Java, etc. Na parte 02 do artigo comentamos sobre a importância de manter e utilizar um bom antivírus de mercado, independentemente se a solução é paga ou não, sobre seus eventuais destaques e diferencias com relação a seus principais concorrentes.
Neste artigo começaremos a parte avançada dessa discussão, o tão conhecido firewall e suas funcionalidades, quando comento de firewall as pessoas já se assustam… Mas que coisa é essa? Pra que isso se tenho antivírus? Qual a diferença? Mais um software para instalar que não serve para nada? Estou protegido meu antivírus é o melhor!

O firewall é a primeira barreira que protege toda nossa rede, em resumo ela possui diversas funcionalidades e pode ser usada na entrada da rede, no meio da rede, e nas pontas (nó da rede), seu papel é basicamente filtrar a rede seguindo regras estabelecidas, por exemplo, em sentido figurado, ele é o segurança que permite a entrada das pessoas nas baladas após apresentarem seus convites ou documentos de maioridade.

image

Ok, entendi, o papel do firewall é bloquear o que não é permitido e liberar o que é permitido, perfeito, tenho um firewall no meu roteador ele vai me proteger dos vírus e outras ameaças da Internet.
Quase isso, temos um firewall em praticamente todo dispositivo que se conecta na Internet, no computador, modem, roteador sem fio, smartphone, tablet, etc. Todos eles existem mas com funções distintas.
Exemplo prático, uma adolescente de 16 anos apresentou o RG da prima maior de idade, muito parecida com ela, e o segurança permitiu sua entrada. Pergunta, como foi possível identificar que existia uma menor de idade na balada? Durante a festa a menor foi reconhecida por pessoas que a conheciam e avaliando que o ambiente não era adequado para ela a denunciaram. Em rede o processo é muito semelhante, é muito comum existir uma comunicação interna da rede utilizando um protocolo de rede conhecido, e após passar pelo firewall e ser analisado pelo computador o protocolo em utilização é outro.
O processo de alteração de um endereço público para endereço privado é conhecido como NAT (Network Address Translation), todo modem faz o NAT após receber informações da Internet, e encaminha as solicitações para os computadores solicitantes.

image

Este artigo está ficando complexo? Algumas pessoas dirão: não estou entendendo mais nada.
Não se preocupem, irei postar um artigo explicando como funciona o firewall de camadas.

Apos receber os dados o modem direciona os arquivos ao computador e ao processa-lo pode realizar conversões para que sejam feitas outras coisas, por exemplo, utilizando o próprio navegador é possível e realizar acesso remoto em seu computador, por padrão a Internet utiliza a porta 80 para publicar as páginas web, o firewall do modem recebe essa informação e permite o acesso, quando chegar no computador, a solicitação de acesso remoto é habilitada e a porta 3389 por exemplo é  liberada, entretanto dentro da porta 80.
Em resumo um firewall simples fecha as 65500 portas disponíveis, destas 1024 são mapeadas e utilizadas por padrão as outras são para diversos fins.
É muito importante ressaltar que o NAT não é o vilão da história, ele apenas converte um tipo de endereço externo e direciona para computadores da nossa rede local, o que o artigo tenta deixar claro é que, o firewall simples protege as portas, mas após passar pela porta, com esse modelo simples de firewall, as coisas podem mudar, para solucionar este problema existem firewall mais completos que analisam outros aspectos, o que deixaremos para a próxima parte.

Por hora é isso pessoal, qualquer dúvida não deixe de comentar…  Abraços e até a próxima.  ;););)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: