FIREWALL 001 – pfSense

Olá boa noite a todos!

Durante alguns meses tenho estudado o uso de diversas ferramentas que me auxiliassem na administração da rede e da internet da empresa em que trabalho. Como fruto dessas pesquisas testei e utilizei diversas soluções de firewall que pudessem se adequar às necessidades da empresa, dentre elas uma das soluções que mais me chamaram a atenção foi o pfsense que irei descrever.

Hoje irei explicar as configurações que utilizo para instalar o firewall utilizando o VirtualBox como ferramenta para criar o ambiente de testes.

O que será necessário:

  1. Virtualbox_logoFazer o download do VirtualBox (VirtualBox);
  2. Instalar o VirtualBox;
  3. Fazer o download e descompactar o arquivo “.gz” para obter a ISO do pfSense (pfSense);
  4. Iniciar as configurações do VirtualBox.

CONFIGURAÇÕES DO VIRTUALBOX

O VirtualBox deverá ter as configurações abaixo:

  • Geral > Aba Básico:
    • Tipo: BSD
    • Versão: FreeBSD (32-bit ou 64-bit)
  • Sistema > Aba Placa-Mãe:
    • Memória Base: “Fica a seu critério + 512mb”
    • Recursos Estendidos: Habilitar o I/O APIC
  • Sistema > Aba Processador:
    • Recursos Estendidos: Habilitar PAE/NX
  • Rede > Aba Adaptador 1: (Está será a placa onde o firewall irá receber a internet)
    • Habilitar Placa de Rede
      • Conectado a: NAT
  • Rede > Aba Adaptador 2: (Está será a placa onde o firewall irá se comunicar com a Rede Local Virtual apenas)
    • Habilitar Placa de Rede
      • Conectado a: Rede Interna
      • Nome: intnet (*caso altere esse nome deverá ser o mesmo em todas as maquinas virtuais que o firewall irá se conectar)
  • Armazenamento:
    • Hard-Disk: O espaço disponível deverás ser escolhido pelo administrador pelo menos 8gb na maquina virtual.
    • Leitor de CD/DVD: caminho com a imagem da ISO do pfSense.

Configurações do pfSense no VirtualBox

config

TIPOS DE REDES NA MAQUINA VIRTUAL

Não conectado: Existe uma placa de rede mas está desconectado.

NAT: O VirtualBox disponibiliza um endereço para a maquina virtual, realizando o roteamento e disponibilizando o acesso à internet para a maquina virtual.

Placa em modo Bridge: A maquina virtual utiliza a placa de rede do computador local como ponte para a rede a qual o servidor está conectado, utiliza a mesma rede a qual o servidor esta conectado.

Rede Interna: Neste modo o VirtualBox cria uma rede gerenciada por software (VLAN) para conectar a maquina virtual a outras redes sem acesso à rede fora do servidor.

Placa de Rede Exclusiva de hospedeiro (host-only): A comunicação é feita apenas entre o servidor e outras maquinas virtuais.

Drive Generico: utilizado para conectar a maquina virtual em poucos casos se aproveitando dos drivers de outras maquinas virtuais.

Na proxima postagem irei mostrar como instalar o pfSense.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: